Orçamentos
Qual é o melhor CMS para o meu site?

Qual é o melhor CMS para o meu site?

Qual é o melhor CMS para o meu site?
Você ainda não tem um CMS para chamar de seu?

Se você produz conteúdo ou vende na internet precisa manter suas informações sempre atualizadas. 

Afinal, nada mais frustrante para o consumidor do que encontrar um conteúdo desatualizado na internet ou um tentar comprar um produto e descobrir que ele já foi vendido, não é mesmo?

Isso coloca toda a credibilidade do seu negócio em jogo.

Quer saber mais sobre essa ferramenta e qual é a melhor para o seu site? Continue lendo o artigo!
O que é CMS?
A sigla CMS vem do inglês e significa Content Management System, em tradução para a nossa língua seria como um sistema de gestão de conteúdo ou sistema de gerenciamento de conteúdo.

Por que é importante ter um CMS?
Manter uma página sempre atualizada não é tarefa fácil. Fazer o trabalho manualmente pode representar um tempo precioso do seu dia. Além do que não é nada eficiente.

Por isso, contar com um sistema de gestão de conteúdo é uma opção inteligente de gerenciar a sua página na internet e ter um conteúdo sempre atualizado.

Como funciona o CMS?
Os CMS são softwares livres, criados por programadores de todo o mundo que ajudam pessoas que não entendem nada programação a criarem seu site, blog e outras páginas na internet de um jeito simples.

Na prática, qualquer um pode criar, editar e publicar layouts, templates e conteúdo em um site, loja virtual ou qualquer tipo de página. Você já deve ter ouvido falar em alguns: WordPress, HubSpot CMS, Joomla, Wix e por aí vai. 
Benefícios de ter um CMS
São simples de usar;
A pessoa não precisa entender de programação para criar uma página na internet, basta alimentá-la com as informações;
Os softwares garantem eficiência e uma boa experiência do usuário;
É possível criar, editar, publicar e remover conteúdos da internet de forma instantânea;
Instalar plugins para aumentar os recursos do site;
E até mesmo fazer o controle de estoque e vendas, caso se trate de uma loja virtual.
Para quem é o CMS?
O CMS é para todos aqueles que tem um site, um e-commerce ou um blog e precisam gerenciar essas informações de um jeito simples, mas não sabem nada de programação.
Qual o melhor CMS para o seu site?
Os dados não mentem: o WordPress é o CMS mais usado no mercado. Em uma pesquisa recente feita pelo Search Engine Journal, a plataforma demonstrou 64,3% de participação de mercado, ou seja, de todos os usuários de CMS, mais da metade deles usam o WordPress.

Em segundo lugar vem o Shopify, com 6,2% de participação, seguidos pela Wix, com 3,4% de market share, a Squarespace com 3% e o Joomla com 2,5%.
Por que o WordPress domina o mercado de CMS?
O software CMS mais popular do mundo não ocupa o primeiro lugar à toa:

O usuário tem flexibilidade e liberdade para construir qualquer tipo de site, como lojas online, site de leilões, blog posts, etc;
Não é preciso entender de programação para montar uma página. O editor do WordPress permite que o usuário crie páginas com ótimos recursos de design para o seu site;
O usuário pode vender seus produtos ou serviços utilizando os recursos do WordPress;
Há inúmeros templates e temas gratuitos no WordPress e o usuário pode adicionar recursos extras ao site, como formulários, botões e imagens;
Os plugins são outros recursos capazes de trazer mais elementos ao site ou melhorar a produção de conteúdo, como o plugin Yoast SEO.
Falando em SEO, este CMS é projetado para otimização de mecanismos de pesquisa do Google.
Com ele, é fácil criar URLs, categorias e tags amigáveis ​​para SEO para suas postagens; 
Por ser um CMS de código aberto, ou seja, qualquer um pode baixar o software e utilizá-lo, há uma comunidade enorme e solidária colaborando para a divulgação de conhecimento sobre o WordPress.
Atualização constante mantém o WordPress no topo
E não é só por conta da sua facilidade que o WordPress figura a primeira posição no ranking do CMS mais utilizado.

Com duas atualizações importantes este ano, uma em janeiro e a última em maio, a versão 6.0.1 fez quase 1.000 correções e aprimoramentos na  plataforma. 

Veja algumas melhorias:

Mudança de estilo: o usuário agora pode mudar a aparência do seu site sem necessidade de mudar os temas;
Mais opções de modelo: o usuário pode usar blocos para editar mais cinco modelos (autor, data, categorias, tag e taxonomia).
Seleção múltipla: o usuário pode selecionar o conteúdo de vários blocos e editá-los como preferir;
Melhorias na visualização de lista: o usuário tem novos atalhos de teclado (shift + clique) que permitem selecionar vários blocos para modificar, reposicionar ou excluir dados em massa;
Ferramentas de design refinadas: a nova versão tem um painel de cores renovado, opções de transparência, mais variações de blocos de grupo para criar novas opções de layout, em pilha ou em linha
Mais opções de controle de imagens: o usuário pode definir sua imagem em destaque em um bloco de capa e controlar o tamanho exato da imagem em destaque;
Novos blocos estão disponíveis: de comentários de post, leia mais, nenhum resultado no loop de consulta, biografia do autor do post, blocos de avatar, etc.
E o Headless CMS, o que seria?
É uma versão mais flexível do CMS. Mas para entender o que é um CMS headless, precisamos entender primeiro o que o CMS tradicional faz. 

De forma prática, um CMS tradicional coloca tudo em um grande balde, o conteúdo, as imagens, os códigos HTML, CSS, etc. 

Ele organiza o conteúdo em frameworks orientados a páginas da web, e isso impossibilita que o mesmo conteúdo seja usado em outras plataformas ou softwares digitais, justamente porque está misturado com código.

Só que, à medida que os canais e dispositivos digitais evoluíram, surgiu a necessidade de soluções mais flexíveis. E é aí que entra o CMS headless. 

Ele permite que você gerencie o conteúdo em um só lugar e ainda permite integrar o conteúdo com qualquer sistema, software ou site, utilizando APIs. 

Isso significa mais facilidade para distribuir o seu conteúdo em vários canais digitais. 
E esse é mais um motivo pelo qual o WordPress é o CMS mais flexível de todos, pois, apesar de não ser um CMS headless, ele pode ser usado tal. 

Mas isso é assunto para um próximo post!

Agora que você já sabe qual o melhor CMS para o seu site, que tal conhecer outras soluções de marketing digital que vão fazer o seu conteúdo alcançar mais pessoas?
Conheça a GS2 Marketing


Nós já sabemos que produzir conteúdo e marcar presença nas redes sociais é sinônimo de baixo investimento e altos retornos.

No entanto, para ter sucesso e fazer o seu negócio crescer, não basta só fazer uma boa gestão de mídia social. 

É preciso escolher as redes mais relevantes para o público da empresa, conhecer a audiência, ser consistente, produzir materiais relevantes para o público-alvo e usar outras estratégias, como o Inbound Marketing, por exemplo.

E é aí que a GS2 Marketing entra.

Nossa estratégia de sucesso é feita com base no desenho da jornada de compra da sua persona. 

Nós reunimos dados e analisamos os nossos clientes de sucesso de diversos segmentos para chegar a uma metodologia que vai fazer aumentar as suas vendas. 

Nossa agência conta com as áreas mais estratégicas do marketing digital para fazer o seu negócio crescer! 

Quer saber mais como a GS2 Marketing pode te ajudar a alavancar as suas vendas e te ajudar a ganhar mais visibilidade no mercado?

Fale com a gente!
Qual é o melhor CMS para o meu site?

Qual é o melhor CMS para o meu site?

Você ainda não tem um CMS para chamar de seu?

Se você produz conteúdo ou vende na internet precisa manter suas informações sempre atualizadas. 

Afinal, nada mais frustrante para o consumidor do que encontrar um conteúdo desatualizado na internet ou um tentar comprar um produto e descobrir que ele já foi vendido, não é mesmo?

Isso coloca toda a credibilidade do seu negócio em jogo.

Quer saber mais sobre essa ferramenta e qual é a melhor para o seu site? Continue lendo o artigo!

O que é CMS?

A sigla CMS vem do inglês e significa Content Management System, em tradução para a nossa língua seria como um sistema de gestão de conteúdo ou sistema de gerenciamento de conteúdo.

Por que é importante ter um CMS?

Manter uma página sempre atualizada não é tarefa fácil. Fazer o trabalho manualmente pode representar um tempo precioso do seu dia. Além do que não é nada eficiente.

Por isso, contar com um sistema de gestão de conteúdo é uma opção inteligente de gerenciar a sua página na internet e ter um conteúdo sempre atualizado.

Como funciona o CMS?

Os CMS são softwares livres, criados por programadores de todo o mundo que ajudam pessoas que não entendem nada programação a criarem seu site, blog e outras páginas na internet de um jeito simples.

Na prática, qualquer um pode criar, editar e publicar layouts, templates e conteúdo em um site, loja virtual ou qualquer tipo de página. Você já deve ter ouvido falar em alguns: WordPress, HubSpot CMS, Joomla, Wix e por aí vai. 

Benefícios de ter um CMS

  • São simples de usar;
  • A pessoa não precisa entender de programação para criar uma página na internet, basta alimentá-la com as informações;
  • Os softwares garantem eficiência e uma boa experiência do usuário;
  • É possível criar, editar, publicar e remover conteúdos da internet de forma instantânea;
  • Instalar plugins para aumentar os recursos do site;
  • E até mesmo fazer o controle de estoque e vendas, caso se trate de uma loja virtual.

Para quem é o CMS?

O CMS é para todos aqueles que tem um site, um e-commerce ou um blog e precisam gerenciar essas informações de um jeito simples, mas não sabem nada de programação.

Qual o melhor CMS para o seu site?

Os dados não mentem: o WordPress é o CMS mais usado no mercado. Em uma pesquisa recente feita pelo Search Engine Journal, a plataforma demonstrou 64,3% de participação de mercado, ou seja, de todos os usuários de CMS, mais da metade deles usam o WordPress.

Em segundo lugar vem o Shopify, com 6,2% de participação, seguidos pela Wix, com 3,4% de market share, a Squarespace com 3% e o Joomla com 2,5%.

Por que o WordPress domina o mercado de CMS?

O software CMS mais popular do mundo não ocupa o primeiro lugar à toa:

  • O usuário tem flexibilidade e liberdade para construir qualquer tipo de site, como lojas online, site de leilões, blog posts, etc;
  • Não é preciso entender de programação para montar uma página. O editor do WordPress permite que o usuário crie páginas com ótimos recursos de design para o seu site;
  • O usuário pode vender seus produtos ou serviços utilizando os recursos do WordPress;
  • Há inúmeros templates e temas gratuitos no WordPress e o usuário pode adicionar recursos extras ao site, como formulários, botões e imagens;
  • Os plugins são outros recursos capazes de trazer mais elementos ao site ou melhorar a produção de conteúdo, como o plugin Yoast SEO.
  • Falando em SEO, este CMS é projetado para otimização de mecanismos de pesquisa do Google.
  • Com ele, é fácil criar URLs, categorias e tags amigáveis ​​para SEO para suas postagens; 
  • Por ser um CMS de código aberto, ou seja, qualquer um pode baixar o software e utilizá-lo, há uma comunidade enorme e solidária colaborando para a divulgação de conhecimento sobre o WordPress.

Atualização constante mantém o WordPress no topo

E não é só por conta da sua facilidade que o WordPress figura a primeira posição no ranking do CMS mais utilizado.

Com duas atualizações importantes este ano, uma em janeiro e a última em maio, a versão 6.0.1 fez quase 1.000 correções e aprimoramentos na  plataforma. 

Veja algumas melhorias:

  • Mudança de estilo: o usuário agora pode mudar a aparência do seu site sem necessidade de mudar os temas;
  • Mais opções de modelo: o usuário pode usar blocos para editar mais cinco modelos (autor, data, categorias, tag e taxonomia).
  • Seleção múltipla: o usuário pode selecionar o conteúdo de vários blocos e editá-los como preferir;
  • Melhorias na visualização de lista: o usuário tem novos atalhos de teclado (shift + clique) que permitem selecionar vários blocos para modificar, reposicionar ou excluir dados em massa;
  • Ferramentas de design refinadas: a nova versão tem um painel de cores renovado, opções de transparência, mais variações de blocos de grupo para criar novas opções de layout, em pilha ou em linha
  • Mais opções de controle de imagens: o usuário pode definir sua imagem em destaque em um bloco de capa e controlar o tamanho exato da imagem em destaque;
  • Novos blocos estão disponíveis: de comentários de post, leia mais, nenhum resultado no loop de consulta, biografia do autor do post, blocos de avatar, etc.

E o Headless CMS, o que seria?

É uma versão mais flexível do CMS. Mas para entender o que é um CMS headless, precisamos entender primeiro o que o CMS tradicional faz. 

De forma prática, um CMS tradicional coloca tudo em um grande balde, o conteúdo, as imagens, os códigos HTML, CSS, etc. 

Ele organiza o conteúdo em frameworks orientados a páginas da web, e isso impossibilita que o mesmo conteúdo seja usado em outras plataformas ou softwares digitais, justamente porque está misturado com código.

Só que, à medida que os canais e dispositivos digitais evoluíram, surgiu a necessidade de soluções mais flexíveis. E é aí que entra o CMS headless. 

Ele permite que você gerencie o conteúdo em um só lugar e ainda permite integrar o conteúdo com qualquer sistema, software ou site, utilizando APIs. 

Isso significa mais facilidade para distribuir o seu conteúdo em vários canais digitais. 

E esse é mais um motivo pelo qual o WordPress é o CMS mais flexível de todos, pois, apesar de não ser um CMS headless, ele pode ser usado tal. 

Mas isso é assunto para um próximo post!

Agora que você já sabe qual o melhor CMS para o seu site, que tal conhecer outras soluções de marketing digital que vão fazer o seu conteúdo alcançar mais pessoas?

Conheça a GS2 Marketing

Conheça nossos Serviços da GS2 MKT Digital

Nós já sabemos que produzir conteúdo e marcar presença nas redes sociais é sinônimo de baixo investimento e altos retornos.

No entanto, para ter sucesso e fazer o seu negócio crescer, não basta só fazer uma boa gestão de mídia social. 

É preciso escolher as redes mais relevantes para o público da empresa, conhecer a audiência, ser consistente, produzir materiais relevantes para o público-alvo e usar outras estratégias, como o Inbound Marketing, por exemplo.

E é aí que a GS2 Marketing entra.

Nossa estratégia de sucesso é feita com base no desenho da jornada de compra da sua persona. 

Nós reunimos dados e analisamos os nossos clientes de sucesso de diversos segmentos para chegar a uma metodologia que vai fazer aumentar as suas vendas. 

Nossa agência conta com as áreas mais estratégicas do marketing digital para fazer o seu negócio crescer! 

Quer saber mais como a GS2 Marketing pode te ajudar a alavancar as suas vendas e te ajudar a ganhar mais visibilidade no mercado?
Fale com a gente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Receba
novidades

Endereço

Hyde Park
Av. Cassiano Ricardo, 401 – sala 703 | Jardim Aquarius
São José dos Campos - SP

GS2 Marketing Digital +55 (12) 99660-9367

2022- todos os direitos reservados 
menuchevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram