Cursos-online-ganham-cada-vez-mais-espaço-na-era-da-automatização Cursos online ganham cada vez mais espaço na era da automatização

Que a automatização dos processos de trabalho está modificando cada vez mais as atividades profissionais não é nenhuma surpresa e também é algo que causa pânico em muitas pessoas, gerando a seguinte dúvida: qual será o papel do ser humano nesse cenário? Segundo pesquisas, as habilidades humanas serão cada vez mais valorizadas, por isso a importância de se ter uma especialização, principalmente com os cursos online.

Leia e saiba mais!

Veja também: É preciso pensar fora da caixa na era do conhecimento

A máquina depende do ser humano

Segundo a pensadora digital e autora do livro “Você, Eu e Robôs”, Martha Gabriel, em palestra realizada na IBM Think Summit Brasil, em São Paulo, as novas tecnologias não estão substituindo as profissões, mas sim as transformando e ajudando a expandir o conhecimento humano.

Para a palestrante, o pensamento crítico e a experiência acumulada serão o que mais nos diferenciará das máquinas. A inteligência artificial é muito criativa com dados e informações, porém necessitam de características como emoção, empatia e ética para ser justa e inclusiva, por isso necessitam do complemento humano em seus processos.

A experiência se tornou muito importante

Com o seu ambiente mais digitalizado, as empresas se viram obrigadas a começar a valorizar habilidades como agilidade e, principalmente, o aprendizado contínuo, por esse motivo, a importância de estar sempre inovando seus conhecimentos aumentou e a procura por cursos online, por conseqüência, também.

Hoje em dia, os cursos online já dominaram uma parcela importante do mercado. De acordo com o Censo da Educação Superior divulgado em 2018 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 21,2% de todas as matrículas do ensino superior são de EaD.

O número de alunos matriculados na modalidade é já é de quase 1,8 milhão, com 17,6% mais matrículas em 2017 do que em 2016. Já o número de cursos em todo o Brasil era de 2.108 em 2017, 26,8% maior que em 2016, quando havia 1.662 cursos.

Além disso, a quantidade de matrículas no EaD deve continuar a crescer. Uma pesquisa feita pela Sagah, famosa provedora de cursos online, estimou que em 2023 haverá mais alunos matriculados em cursos EaD do que nos presenciais.

A grande maioria dos usuários de plataformas de ensino pela internet está na idade adulta, já que os cursos online não exigem compromisso com horário, o que não impede o indivíduo de trabalhar e mesmo assim aumentar os seus conhecimentos em suas horas vagas.

Vantagens de cursos online

As principais vantagens das aulas online são as seguintes:

  • Praticidade: não é preciso escolher um dia ou horário que prejudicará sua rotina, já que as aulas podem ser feitas de acordo com a disponibilidade dos alunos;
  • Qualidade: o ensino ministrado é de alta qualidade e o aluno dispõe de materiais de apoio para aprendizado, além de videoaulas que facilitam a compreensão dos temas abordados;
  • Economia: não apenas o preço do curso tende a ser mais barato, já que não é preciso recorrer à locação ou manutenção de um espaço físico como ocorre nas aulas presenciais, como o aluno também economiza com transporte e alimentação, já que pode fazer as aulas de sua casa, no caminho do trabalho ou onde preferir;
  • Variedade: há opções de cursos para todos os gostos e preferências, o que pode ajudar no desenvolvimento de profissionais das mais variadas áreas.

A facilidade de acesso contribui para esse crescimento

De acordo com o Censo da Educação Superior, o Brasil possui cerca de 2.364 instituições presenciais de ensino superior e/ou cursos de qualificação, enquanto há cerca de 5.570 cidades no país, ou seja, 58% dos municípios brasileiros não possuem instituições de ensino superior.

Com isso, concluímos que, além da questão da necessidade de aumentar os conhecimentos, os cursos online também estão crescendo devido à oportunidade que eles estão dando a pessoas que moram em regiões desprovidas de instituições.

Leia também: A importância das tags para SEO