mobile-first Mobile first index: saiba o que mudou e como afeta a sua empresa

O Mobile First Index muda a forma do Google indexar as páginas e também de classificar os resultados. Antes, as páginas eram indexadas primeiro e avaliadas pela sua versão desktop. Mas, se há mais gente no mundo inteiro acessando a internet em dispositivos móveis, não é mais sensato desenvolver sites otimizados para os dispositivos móveis?

Foi pensando nisso que nasceu o conceito Mobile First, criado por Luke Wroblewski (Diretor de Produto do Google) em 2011, ao publicar o livro Mobile First (em uma tradução livre: dispositivos móveis em primeiro lugar). Ele propôs criar um site pensado primeiro em mobile e depois ajustá-lo para o computador. E, o que muda com a indexação primeiro no mobile? É o que falaremos aqui.

Para entender melhor o que é mobile first index

É simplesmente a maneira que os bots de indexação do Google, também conhecidos como spiders, rastreiam a web. Até agora, a ênfase era no uso de internet via desktop o que significava que esses bots priorizavam as versões de desktop de páginas da web. Agora, a prioridade é o conteúdo otimizado para dispositivos móveis durante o rastreamento da web.

A principal questão com a mudança para mobile first index é que os sites desenvolvidos para desktop possuem muito mais tempo e atenção do que sites desenvolvidos para ambientes móveis, e a quantidade de metadados para o celular não é tão abundante. Em outras palavras, a web móvel tem muito menos conteúdo e links, pois sempre foram inseridos em segundo plano, comparado ao consumo por desktops.

Como devo me preparar para a indexação móvel?

Primeiramente, o Google já se concentrou em atualizar os mecanismos de busca para que sejam compatíveis com dispositivos móveis, de modo que essa mudança já se encontra ativa e oficial. Se você ainda não otimizou seu blog e site para dispositivos móveis, seus desempenhos nos mecanismos de busca já estão sendo afetados.

Para resolver isso, é necessário preparar seus ambientes para que possam estar otimizados para dispositivos móveis. A maneira mais simples de melhorar seu site e sua funcionalidade é usar um design responsivo – uma abordagem dinâmica para a aparência do site, dependendo do tamanho da tela, da resolução e do sistema operacional.

Ainda é possível usar versões separadas de seu site ou até mesmo continuar usando um site apenas desktop, uma vez que o novo algoritmo vai continuar a indexá-lo muito bem, mas claramente sofrerá um rebaixamento nas SERPs devido ao mau desempenho móvel.

Existe um número gigante de usuários utilizando dispositivos móveis, isso os torna potenciais visitantes e claro, compradores. Porque desperdiçar esta oportunidade? Quais ações você pode tomar para melhorar seu posicionamento e SEO?

A importância do conteúdo

Embora esta seja uma grande mudança, a prática padrão ainda se aplica à produção de conteúdo SEO-friendly. O SEO Friendly permite que seu site tenha uma leitura mais completa do Google, entregando um maior volume de informações para que ele te posicione nos resultados da busca.

A maior premissa do Marketing de Conteúdo é a de criar conteúdo de real valor para seu público, visando atraí-lo e relacionar-se com ele até que haja uma oportunidade de venda. Mas de que adianta todo esse conhecimento disponibilizado pela sua empresa se ele possui dificuldade de encontrar a persona para qual foi feito?

Uma estratégia bem executada vai certamente gerar credibilidade para o seu site ou blog, fazendo com que seja melhor ranqueado e dessa maneira, mais facilmente encontrado. Mas isso não pode demandar muito tempo. Por esse motivo, visando otimizar os esforços, algumas técnicas de SEO podem ser utilizadas em conjunto para posicionar sua página de uma melhor forma perante os mecanismos de busca.

 O que fazer para se adaptar ao mobile first index

  1. Faça seu site mobile-friendly porque o gigante de buscas – Google – está diferenciando o rankeamento para sites que são Mobile Friendly, ou seja, sites amigáveis para aparelhos móveis. Se seu site ainda não é assim, corre, porque já está afetando negativamente seu rankeamento.

Um site mobile-friendly precisa de um design responsivo para estar perfeitamente adaptado para qualquer dispositivo que não seja desktop. Isso significa que o usuário encontrará um site agradável para navegar e encontrar o que deseja.

  1. Accelerated Mobile Pages, pode ser abreviado para AMP, e traduzido significa páginas mobile aceleradas. Isso faz com que a velocidade de carregamento das páginas do seu domínio sejam mais rápidas.

Para se ter uma ideia da importância das AMPs: 53% dos usuários abandonam uma página mobile se ela demora mais do que 3 segundos para carregar.

  1. Conteúdos e dados iguais entre mobile e desktop. Alguns sites distinguem o conteúdo da versão desktop para mobile, sendo a primeira mais completa. Isso provavelmente afetará o rankeamento com a nova indexação, porque haverá perda de conteúdo.

Além disso, os indicadores para os bots, como títulos e intertítulos, devem estar bem estabelecidos e completos para a nova análise. Portanto: tenha um conteúdo completo e bem estruturado para ambas as versões.

  1. Verifique sua versão mobile no Search Console, que é uma ferramenta ótima para sua estratégia e para entender melhor o seu site, e ainda oferece um diagnóstico amplo sobre ele.

A verificação também da versão mobile no Search Console permite que esse diagnóstico ocorra nela, apontando o que pode e deve ser melhorado.

Vantagens do mobile first

Quando um site é inicialmente desenvolvido para desktop, a versão mobile precisa de muitas adequações nos elementos para que tudo funcione no espaço reduzido do celular. Em alguns casos, muitos componentes são removidos para que o site fique perfeito no ambiente mobile.

Assim, um site feito para dispositivos móveis é ajustado com mais facilidade para o computador. Além de garantir mais visibilidade nos mecanismos de busca, sites otimizados para dispositivos móveis costumam oferecer uma experiência melhor para os usuários.

Um site Mobile First também traz diversos desafios de design e usabilidade como:  tamanho da tela reduzido; conexão móvel mais limitada; comportamento dos usuários; as telas ‘touch’ etc.

Sabendo disso, chegamos à conclusão de que o mobile ajuda em diversos pontos como: priorização de conteúdos, otimização do site e como definir o que é de fato indispensável para a navegação do usuário.

Utilizar o conceito Mobile First para criar site não é mais uma questão de pensar no futuro, mas sim de estar atento ao presente. Otimize o seu site para os dispositivos móveis!