Escolha uma Página

Pagamento-atraves-do-Whatsapp-como-isso-beneficia-a-minha-empresa Pagamento através do Whatsapp: como isso beneficia a minha empresa?

No dia 15 de junho, o WhatsApp, aplicativo de mensagens instantâneas e chamadas de voz para smartphones mais utilizado no mundo, anunciou um novo recurso de sua plataforma, onde os usuários de contas pessoais e comerciais do WhatsApp Business podem, a partir de agora, efetuar pagamentos e receber dinheiro através do Facebook Pay, plataforma do mesmo grupo que é dono do aplicativo.

Mas, e para a sua empresa? Quais os benefícios dessa nova iniciativa do WhatsApp Payment? Leia o texto abaixo e entenda!

Antes de tudo, conheça o WhatsApp Pay!

O WhatsApp Pagamentos, como a nova função está sendo chamada no Brasil, estava em testes na Índia desde o início do ano e está chegando para facilitar transferência bancárias entre usuários do aplicativo, principalmente no atual momento em que o mundo está passando, do qual o isolamento social é necessário e não se pode mais ficar saindo para transferir dinheiro no banco.

Para realizar essas transferências, é necessário configurar um cartão de débito ou crédito de uma empresa parceira no Facebok Pay. Os pagamentos podem ser consultados a qualquer momento na aba “Pagamentos”, localizada na aba “Ajustes”, nas configurações do aplicativo.

Por enquanto, para usuários de contas pessoais, o WhatsApp irá manter o limite de R$ 1 mil por transação e, por dia, podem ser realizadas até 20 transações, mas os valores não podem passar de R$ 5 mil por mês.

Como o WhatsApp Pay funciona para negócios no WhatsApp Business?

Comerciantes que possuem cadastro no WhatsApp Business também podem vender produtos e serviços através da plataforma. Porém, para receber pagamentos pelo aplicativo, há a necessidade de configurar o Facebook Pay, além de criar ou conectar uma conta Cielo (todas as transações precisam ser realizadas por ela) e oferecer os dados de conta bancária da empresa para recebimento dos valores correspondentes.

O processo de verificação da conta bancária dura, em média, três dias, e todos os pagamentos realizados por clientes são transferidos da conta Cielo para a conta bancária em cerca até dois dias úteis. Ao contrário de para usuários pessoais, não há limite de pagamentos para vendas realizadas pelo WhatsApp Business, mas há uma cobrança de uma taxa de processamento por vendas, que é fixada em 3,99%.

Quais as vantagens desse recurso para empresas?

Se para os usuários comuns esse serviço significa muito mais praticidade para comprar, para pequenas e grandes empresas, ele também é muito vantajoso. Mais do que nunca, o WhatsApp se tornou uma plataforma completa, funcionando como um excelente canal de negócios, principalmente durante esse momento em que a transformação digital é muito importante para se manter ativo no mercado.

Se antes o consumidor podia visualizar um catálogo de produtos na janela de contato das empresas no aplicativo, agora ele também pode emitir o pagamento ali mesmo. Essa função de “fechar vendas” na hora é um grande facilitador, já que ajuda a gerar mais conversões, com muito mais praticidade. Além dessa possibilidade de faturamento, também é possível ter um controle de vendas muito mais fácil, já que todo o processo é realizado na mesma plataforma.

O recurso também possui um facilitador muito interessante para os seus clientes, já que torna o processo de compra muito mais simples e gera uma relação mais dinâmica entre eles e os seus vendedores no contato para os negócios. Portanto, em um momento em que o home office e as vendas à distância estão sendo necessários, o WhatsApp Pay é uma ótima forma de alavancar as vendas!

Pagamento-atraves-do-Whatsapp-como-isso-beneficia-a-minha-empresa Pagamento através do Whatsapp: como isso beneficia a minha empresa?

A plataforma ainda não está disponível, mas, em breve, já poderá ser utilizada em nosso país!

Infelizmente, o Banco Central vetou a utilização da ferramenta assim que ela chegou ao Brasil, com a justificativa de preservar um ambiente competitivo e adequado, que “assegure um sistema de pagamentos interoperável, rápido, seguro, transparente, aberto e barata”, como informou a entidade em sua nota oficial

Porém, no início desse mês, em participação no fórum Bloomberg Emerging + Frontier, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse que a ferramenta está em processo de aprovação e que, em breve, já poderá ser utilizada por empresas de todo o país!