Orçamentos
Linkedin empresas: aproveite o potencial da rede para o marketing

Linkedin empresas: aproveite o potencial da rede para o marketing

O Linkedin para empresas oferece oportunidades que vão muito além do recrutamento de candidatos nessa rede social, mas também é um canal para fazer conexões  comerciais e gerar negócios.

Veja nesse texto como ter um perfil corporativo na rede pode ajudar a divulgar a marca e atrair boas parcerias  com  boas estratégias  de marketing.

Por que é interessante criar um perfil de empresa no Linkedin?

O Linkedin é um canal muito promissor quando a intenção é buscar oportunidades B2B, embora não seja apenas para as empresas. Essa rede social tem entre seus usuários tomadores de decisão de diversos segmentos, porque são executivos dentro de grandes corporações ou donos dos próprios negócios.

Por  essas características, é a rede social com maior potencial para geração de leads, além de que eles costumam ser mais qualificados, porque quando o usuário entra no Linkedin já está focado em negócios.

Além disso, pela diversidade de usuários -- no Brasil já são mais de 50 milhões --, a rede social também permite uma segmentação mais aprofundada. 

Assim, empresas que querem fazer negócios com empresas já vão encontrar uma concentração importante do seu mercado-alvo na rede social. Mas também é um celeiro de oportunidades para as empresas com foco em B2C, porque fica livre de postagens sociais relacionadas à vida particular, assim, as publicações de marketing de uma empresa têm grandes chances de serem notadas pelos usuários da rede.

Então, o primeiro passo  para aproveitar todo o potencial dessa rede é criar uma página de empresa no Linkedin, ou seja a Company Page.

O Linkedin para empresas oferece oportunidades que vão muito além do recrutamento de candidatos nessa rede social, mas também é um canal para fazer conexões  comerciais e gerar negócios. Veja nesse texto como ter um perfil corporativo na rede pode ajudar a divulgar a marca e atrair boas parcerias  com  boas estratégias  de marketing. Por que é interessante criar um perfil de empresa no Linkedin? O Linkedin é um canal muito promissor quando a intenção é buscar oportunidades B2B, embora não seja apenas para as empresas. Essa rede social tem entre seus usuários tomadores de decisão de diversos segmentos, porque são executivos dentro de grandes corporações ou donos dos próprios negócios. Por  essas características, é a rede social com maior potencial para geração de leads, além de que eles costumam ser mais qualificados, porque quando o usuário entra no Linkedin já está focado em negócios. Além disso, pela diversidade de usuários -- no Brasil já são mais de 50 milhões --, a rede social também permite uma segmentação mais aprofundada.  Assim, empresas que querem fazer negócios com empresas já vão encontrar uma concentração importante do seu mercado-alvo na rede social. Mas também é um celeiro de oportunidades para as empresas com foco em B2C, porque fica livre de postagens sociais relacionadas à vida particular, assim, as publicações de marketing de uma empresa têm grandes chances de serem notadas pelos usuários da rede. Então, o primeiro passo  para aproveitar todo o potencial dessa rede é criar uma página de empresa no Linkedin, ou seja a Company Page. Para que serve o Linkedin empresas?  Uma página Linkedin empresas serve para inúmeros objetivos além de recrutar pessoas sua equipe, como estabelecer autoridade em seu segmento, estabelecer novas conexões com possíveis parceiros, conquistar novos clientes e estreitar o relacionamento com clientes já fidelizados. Para quem quer entender como cadastrar empresa no Linkedin, saiba que não é nada complicado.  Como criar empresa no Linkedin? Para criar perfil empresa Linkedin, em primeiro lugar é preciso ter uma conta pessoal na rede social, mas veja como fazer isso com o passo a passo abaixo:  Faça login da conta pessoal, clique em “Soluções” no canto superior direito; Selecione “Crie uma Linkedin Page”; Vão surgir opções como “Pequena Empresa”, “Média Empresa”, “Instituição de Ensino” e  “Show Case”; Clique no tipo de empresa adequado à sua marca; Coloque o nome da sua empresa e a URL onde os usuários vão encontrar sua página corporativa;    Selecione e preencha campos como “Site externo”, “Setor”, “Tamanho da Empresa”, “Tipo de empresa”, etc    Insira a logomarca e a descrição da empresa nos campos;    Ao preencher esses campos, no lado direito, já será possível ter uma pré-visualização da página;  Leia  o termo de compromisso de responsabilidade e dê um check na declaração que é representante oficial da organização; Clique em “Criar Página”.  Pronto! Está criado o seu Linkedin perfil empresa.  Quais recursos a rede social vai oferecer para as empresas? Além de abrir Linkedin para empresas, é preciso lembrar que para potencializar todas as oportunidades que a rede social oferece é importante caprichar na identidade visual, manter a página atualizada e ter estratégias de marketing e vendas bem pensadas. Para aumentar o  potencial dessas estratégias, é imprescindível conhecer bem o seu público-alvo e sua persona, a jornada de compras deles e definir os canais que serão utilizados para atingir seus objetivos e metas. Ao criar empresa no Linkedin, uma marca pode utilizar inúmeros recursos para atender a esses objetivos e gerar oportunidades, como: Se relacionar com novos clientes e com os antigos; Divulgar produtos e serviços (e vagas na sua equipe); Apresentar o que sua empresa faz, com sua missão, visão e valores;  Publicar conteúdos relevantes para seus leads; Utilizar o recurso “Content Suggestions", que mapeia os conteúdos mais relevantes para os seguidores da página; Ajudar na estratégia SEO, com uso de palavras-chaves; Fazer prospecção de clientes; Investir em anúncios como Linkedin Ads, para potencializar suas chances de conversão e suas vendas no Linkedin. Além disso, essa ferramenta oferece diversos tipos de anúncios; Utilizar o Linkedin Sales Navigator um recurso importante para prospecção,  gerar mais leads e converter em vendas; Utilizar o Linkedin Analytics para entender melhor o perfil do usuário por meio dos dados; etc; Utilizar o “Show Case”, que é uma página de vitrine.  Como ter uma boa estratégia de marketing no Linkedin empresas? Aproveite esses recursos para produzir mais engajamento e gerar mais leads com o crescimento da visibilidade da sua empresa, com o marketing de conteúdo. Essas publicações devem ser de alta qualidade e voltadas para a rede social no Linkedin Pulse, que vão possibilitar que a sua marca seja vista como uma referência no setor e educar o seu público. Fazer o link para os seus posts de blog e utilizar materiais ricos, como e-books e infográficos, também oferece grandes chances de engajamento. Mas é possível ir além disso, oferecendo conteúdos como podcasts e vídeos, que também atraem muito a atenção dos usuários dessa rede. No caso das lives, por exemplo, é possível transmitir eventos da empresa em tempo real para seus seguidores. Outro ponto importante da estratégia de marketing no Linkedin é participar dos grupos da rede social, para aumentar o networking em nichos que podem ser interessantes para a sua marca. Nessas comunidades, é possível conferir tendências e ter ideias sobre conteúdos que vão gerar interesse. Além disso, é possível aproveitar os recursos próprios para as vendas, como fazer a integração com o seu CRM por meio do Linkedin Sales, que vai permitir uma organização muito maior do processo de vendas. Outro recurso interessante para fazer parte da estratégia de marketing é o “Show Case” para empresas que atuam em mais de um nicho. Essa página de vitrine permite que a empresa segmente melhor as suas ofertas com a divulgação de produtos e serviços específicos de cada segmento.  Conclusão Não abra mão de conhecer mais os inúmeros recursos que o Linkedin pode oferecer para a sua empresa, pode ser uma verdadeira vitrine para seus produtos e serviços.  É preciso lembrar que o número de usuários dessa rede vem crescendo continuamente, hoje são mais de  722 milhões de membros no mundo inteiro. Além disso, os conteúdos publicados de forma consistente nesta rede social têm amplas chances de visualização, o que aumenta ainda mais as suas oportunidades de conversão.

Para que serve o Linkedin empresas? 

Uma página Linkedin empresas serve para inúmeros objetivos além de recrutar pessoas sua equipe, como estabelecer autoridade em seu segmento, estabelecer novas conexões com possíveis parceiros, conquistar novos clientes e estreitar o relacionamento com clientes já fidelizados.

Para quem quer entender como cadastrar empresa no Linkedin, saiba que não é nada complicado. 

Como criar empresa no Linkedin?

Para criar perfil empresa Linkedin, em primeiro lugar é preciso ter uma conta pessoal na rede social, mas veja como fazer isso com o passo a passo abaixo:

  • Faça login da conta pessoal, clique em “Soluções” no canto superior direito;
  • Selecione “Crie uma Linkedin Page”;
  • Vão surgir opções como “Pequena Empresa”, “Média Empresa”, “Instituição de Ensino” e  “Show Case”;
  • Clique no tipo de empresa adequado à sua marca;
  • Coloque o nome da sua empresa e a URL onde os usuários vão encontrar sua página corporativa;
  • Selecione e preencha campos como “Site externo”, “Setor”, “Tamanho da Empresa”, “Tipo de empresa”, etc 
  • Insira a logomarca e a descrição da empresa nos campos;
  • Ao preencher esses campos, no lado direito, já será possível ter uma pré-visualização da página;
  • Leia  o termo de compromisso de responsabilidade e dê um check na declaração que é representante oficial da organização;
  • Clique em “Criar Página”.

Pronto! Está criado o seu Linkedin perfil empresa. 

Quais recursos a rede social vai oferecer para as empresas?

Além de abrir Linkedin para empresas, é preciso lembrar que para potencializar todas as oportunidades que a rede social oferece é importante caprichar na identidade visual, manter a página atualizada e ter estratégias de marketing e vendas bem pensadas.

Para aumentar o  potencial dessas estratégias, é imprescindível conhecer bem o seu público-alvo e sua persona, a jornada de compras deles e definir os canais que serão utilizados para atingir seus objetivos e metas.

Ao criar empresa no Linkedin, uma marca pode utilizar inúmeros recursos para atender a esses objetivos e gerar oportunidades, como:

  • Se relacionar com novos clientes e com os antigos;
  • Divulgar produtos e serviços (e vagas na sua equipe);
  • Apresentar o que sua empresa faz, com sua missão, visão e valores; 
  • Publicar conteúdos relevantes para seus leads;
  • Utilizar o recurso “Content Suggestions", que mapeia os conteúdos mais relevantes para os seguidores da página;
  • Ajudar na estratégia SEO, com uso de palavras-chaves;
  • Fazer prospecção de clientes;
  • Investir em anúncios como Linkedin Ads, para potencializar suas chances de conversão e suas vendas no Linkedin. Além disso, essa ferramenta oferece diversos tipos de anúncios;
  • Utilizar o Linkedin Sales Navigator um recurso importante para prospecção,  gerar mais leads e converter em vendas;
  • Utilizar o Linkedin Analytics para entender melhor o perfil do usuário por meio dos dados; etc;
  • Utilizar o “Show Case”, que é uma página de vitrine.
ebook quer aprender como gerar leads sem dor de cabeçã

Como ter uma boa estratégia de marketing no Linkedin empresas?

Aproveite esses recursos para produzir mais engajamento e gerar mais leads com o crescimento da visibilidade da sua empresa, com o marketing de conteúdo.

Essas publicações devem ser de alta qualidade e voltadas para a rede social no Linkedin Pulse, que vão possibilitar que a sua marca seja vista como uma referência no setor e educar o seu público.

Fazer o link para os seus posts de blog e utilizar materiais ricos, como e-books e infográficos, também oferece grandes chances de engajamento.

Mas é possível ir além disso, oferecendo conteúdos como podcasts e vídeos, que também atraem muito a atenção dos usuários dessa rede.

No caso das lives, por exemplo, é possível transmitir eventos da empresa em tempo real para seus seguidores.

Outro ponto importante da estratégia de marketing no Linkedin é participar dos grupos da rede social, para aumentar o networking em nichos que podem ser interessantes para a sua marca.

Nessas comunidades, é possível conferir tendências e ter ideias sobre conteúdos que vão gerar interesse.

Além disso, é possível aproveitar os recursos próprios para as vendas, como fazer a integração com o seu CRM por meio do Linkedin Sales, que vai permitir uma organização muito maior do processo de vendas.

Outro recurso interessante para fazer parte da estratégia de marketing é o “Show Case” para empresas que atuam em mais de um nicho. Essa página de vitrine permite que a empresa segmente melhor as suas ofertas com a divulgação de produtos e serviços específicos de cada segmento. 

Conclusão

Não abra mão de conhecer mais os inúmeros recursos que o Linkedin pode oferecer para a sua empresa, pode ser uma verdadeira vitrine para seus produtos e serviços. 

É preciso lembrar que o número de usuários dessa rede vem crescendo continuamente, hoje são mais de 722 milhões de membros no mundo inteiro.

Além disso, os conteúdos publicados de forma consistente nesta rede social têm amplas chances de visualização, o que aumenta ainda mais as suas oportunidades de conversão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba
novidades

Endereço

Hyde Park
Av. Cassiano Ricardo, 401 – sala 703 | Jardim Aquarius
São José dos Campos - SP

GS2 Marketing Digital +55 (12) 99660-9367

2022- todos os direitos reservados 
menuchevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram