Orçamentos
Plano marketing digital: guia completo para atingir ótimos resultados

Plano marketing digital: guia completo para atingir ótimos resultados

Quer saber tudo sobre o plano de marketing digital? Então continue lendo o artigo e descubra:

  • O que é um plano de marketing digital?
  • Quais as etapas que não podem faltar no seu plano?
  • Como fazer o seu plano de marketing digital?

O que é um plano de marketing digital?

O plano de marketing digital é um documento que reúne os objetivos que uma empresa espera atingir no ambiente digital, bem como as estratégias que utilizará para conseguir isso. Nele, são descritos:

  • O que a empresa espera alcançar;
  • As estratégias que serão usadas para alcançar mais clientes;
  • Os canais digitais que servirão de suporte para a execução da estratégia;
  • O cronograma das ações;
  • O orçamento disponível para tal;
  • Quem é o público-alvo e as personas;
  • Quem serão os responsáveis por cada ação, etc.

Mas ele não reúne dados somente do seu negócio, mas também dos seus concorrentes. Afinal, fazer a análise de concorrentes é importantíssimo para entender melhor sobre o seu nicho e também sobre o que sua audiência espera. 

Plano de marketing: o plano de fundo do marketing digital      

O plano de marketing atua como um plano de fundo do marketing digital à medida que direciona as ações que serão tomadas no ambiente digital.

Mas só há um jeito de atingir ótimos resultados com seu plano de marketing digital, fazendo um estudo aprofundado do seu negócio e do mercado que pretende atuar.

Como fazer um plano de marketing digital?     

Bom, a primeira coisa que você precisa fazer no seu plano de marketing digital é entender quem é o seu público-alvo ou o seu cliente ideal.

Defina a sua audiência

É a partir dessa definição que você vai pensar nas melhores estratégias para atingir os seus objetivos. 

Se você presta serviço de contabilidade, por exemplo, você pode atender desde microempresas até grandes empresas com várias filiais, mas também pode atender MEIs. 

Nesse sentido, para cada público desses, a sua comunicação será diferente e suas estratégias também. Por isso, segmentar seu público-alvo, permite que você elabore estratégias mais assertivas para cada um deles.

Isso evita que você ofereça uma solução muito simples para uma empresa que precisa de um pacote mais robusto ou uma solução tão completa que a microempresa não conseguiria vê-la aplicada na prática.

Para te ajudar a definir seu público e sua persona, veja informações que você deve levantar:

  • Qual sua idade?
  • Sua renda mensal? 
  • Que cargo ocupa atualmente?
  • Onde mora?
  • Quais suas prioridades?
  • E seus planos para o futuro?
  • O que a impede de realizar esses planos?
  • Pelo o que ela se interessa?
  • Marcas que consome?
  • Redes sociais que usa?
  • Quais produtos e serviços ela deseja?

Faça um diagnóstico do seu produto ou serviço

Agora que você já sabe quem é o seu cliente ideal, ou seja, aquele que vai comprar o seu produto, é hora de entender mais sobre aquilo que você está se dispondo a vender.

Nessa hora, vale fazer uma análise realista dos atributos do seu produto, seus benefícios, como ele funciona e, principalmente, se ele resolve o problema da sua audiência.

Essa análise é essencial para verificar se o seu produto ou serviço vai atender às expectativas dos seus clientes ou se você precisa trazer mais algum diferencial. 

Imponha metas específicas

Quando se está fazendo um plano de marketing digital é preciso ser específico quanto aos números e prazos. Ao invés de “aumentar as taxas de conversão” prefira: “aumentar em 30% o tráfego orgânico em 6 meses”. 

Além de mostrar uma meta alcançável, é possível começar a delinear quais ações pontuais serão realizadas para alcançar esse objetivo.

Pense quais estratégias vai usar para aumentar o tráfego orgânico? Estratégias de SEO, e-mail marketing, marketing de conteúdo? Se não souber responder, revise sua meta. Ela deve ser clara e mensurável.

Conheça seus concorrentes

Analisar a concorrência é outra etapa que não pode ficar de fora do seu plano de marketing digital. 

Afinal, agora, não são só os concorrentes do bairro que você precisa se preocupar, mas todos aqueles que competem pelo mesmo comprador. 

Além de verificar o que a sua concorrência está fazendo para ganhar a atenção da audiência, é possível comparar os atributos do produto ou serviço prestado pelos concorrentes e usar isso para engrandecer seus diferenciais.

Na hora de analisar a sua concorrência, pesquise:

  • Quais tipos de público eles estão tentando fisgar?
  • Que canais estão usando? 
  • Onde eles têm mais resultado?
  • Em que lugar têm menos?
  • Eles investem em tráfego pago?
  • Têm bons resultados no tráfego orgânico?
  • Quais seus diferenciais?
  • Como se comunicam com sua audiência? 

Faça uma análise SWOT

Agora que você sabe mais sobre seus concorrentes, é hora de usar essas informações para analisar o seu negócio.

A análise SWOT serve para isso, identificar o que está funcionando bem, aquilo que deve ser melhorado, as oportunidades do mercado que você pode aproveitar e as ameaças que deve estar preparado para enfrentar.

Veja a seguir, como fazer uma análise SWOT para o seu plano de marketing digital:

Forças

  • Quais são as vantagens do seu produto em relação aos concorrentes?
  • Quais seus diferenciais?
  • Quais recursos que só o seu produto ou serviço tem que os outros não tem?

Fraquezas

  • Quais elementos do seu produto ou serviço não funcionam muito bem? 
  • Na sua concepção, por que os clientes não compram de você? 
  • Quais atributos do seu produto deixam a desejar e abrem margem para a concorrência?

Oportunidades

  • O que pode ser uma oportunidade no seu nicho?
  • Quais as tendências de mercado que você pode aproveitar? 
  • A sua localização lhe privilegia de alguma forma?
  • Existe um nicho de mercado pouco explorado?

Ameaças 

  • Existe algum obstáculo que impede o crescimento dos seus negócios?
  • Sua empresa está com problemas financeiros ou dependendo de um investimento externo?
  • O surgimento de uma nova tecnologia pode prejudicar o seu negócio?

Não deixe de inserir este estudo no seu plano de marketing digital e use ele para:

  • Apostar nos seus pontos fortes;
  • Tentar mitigar suas fraquezas;
  • Aproveitar as oportunidades
  • E se antecipar às ameaças.

Escolha seus canais

Seu objetivo é aumentar o tráfego do site em 30%? Uma boa alternativa é investir em SEO e marketing de conteúdo. 

Embora, levem mais tempo para produzir resultados, têm um custo de aquisição menor, consequentemente, oferecem maior retorno sobre o investimento. 

E o mais importante, depois de atingir uma boa reputação com seus conteúdos, começa a ranquear organicamente nas páginas de buscadores e esse resultado costuma se manter no longo prazo também. 

Mas antes de sair planejando uma estratégia de SEO, pense, onde seu público está? 

Seu público são executivos que passam bastante tempo no Linkedin ou jovens que amam assistir aos vídeos do TikTok? 

Para cada canal, será preciso criar uma estratégia diferente, entendendo profundamente o que faz a cabeça da sua audiência em cada um desses canais.

Planeje a sua estratégia

Chegou o momento de definir as ações que serão realizadas em cada canal que você identificou como estratégico para a sua audiência.

Se vai usar uma estratégia de SEO, por exemplo, precisa começar as palavras-chave mais buscadas pela sua audiência e começar a produzir conteúdos de interesse da sua persona. 

Se o seu objetivo é gerar leads, pode apostar na estratégia de inbound marketing, construindo fluxos de automação de emails para nutrir um relacionamento com sua audiência.

Uma agência de marketing digital, por exemplo, investe nas seguintes estratégias para que seus clientes tenham ótimos resultados:

  • Conteúdos para blog;
  • Campanhas de tráfego pago nas redes sociais e Google;
  • Criação de materiais ricos;
  • Landing pages;
  • Fluxos de automação de e-mail marketing e mais. 

Leia mais sobre:

Estipule seu budget

Definir um orçamento é outra etapa indispensável do seu plano de marketing digital. É ele que vai mostrar o quanto você vai investir em cada ação de marketing digital. 

Sim, você precisa investir dinheiro se quiser ter ótimos resultados na internet. Para que o seu negócio seja visto por mais pessoas dispostas a comprar o seu produto ou serviço. O que vai definir o orçamento é:

  • O quanto de verba você tem para isso; 
  • As metas que você definiu anteriormente;
  • Se quer ser mais arrojado e tentar fisgar um público maior;
  • Ou se quer crescer ordenadamente, impactando primeiramente o público mais próximo de você.

Implemente um cronograma

Nenhuma estratégia será tão efetiva se você não tiver um cronograma no seu plano de marketing digital.

O cronograma serve tanto para você visualizar as estratégias de marketing que está aplicando para cada público, quanto para trazer mais responsabilidade na hora de seguir o planejamento.

O segredo aqui é trabalhar com folga, ou seja, ter um planejamento mínimo de 3 meses evita que você faça as coisas correndo ou de qualquer jeito só para cumprir o prazo. Lembre-se, cada ação do seu plano de marketing pode se desdobrar em inúmeras atividades. 

Um conteúdo de blog por exemplo, você precisa fazer uma pesquisa de palavras-chave, montar um calendário editorial, redigir o conteúdo, fazer o design de imagens, gráficos ou tabelas, fazer o upload desse conteúdo em um CMS.

Enfim, há uma série de desdobramentos até que o conteúdo esteja figurando nas primeiras posições dos mecanismos de busca. Por isso, organização e planejamento não podem faltar no seu plano de marketing digital.

Acompanhe os resultados

A última etapa do seu plano é verificar se as suas estratégias estão surtindo resultados.

Mas como mensurar os resultados no marketing digital? Por meio de métricas e indicadores, como:

  • Visitas ao site;
  • Quantidade de leads gerados;
  • Taxa de abertura de e-mail;
  • Custo por Lead (CPL);
  • Lead Conversion Rate;
  • Customer Lifetime Value (CLV);
  • Cost Per Customer Acquisition;
  • ROI;
  • ROAS.

Como você viu, com um plano bem construído e metas realistas é possível atingir ótimos resultados. E, agora que você já sabe como elaborar um plano de marketing digital, está esperando o quê para iniciar o seu?

Se precisar de ajuda para montar o seu plano de marketing digital, conte com quem tem expertise no negócio:

GS2 Marketing Digital

Somos uma agência de marketing digital, especializada em inbound marketing, com foco em resultados. 

Com ações criativas e inusitadas, utilizamos as melhores ferramentas de marketing digital para produzir um diferencial factível para os nossos clientes com mais performance, promovendo o acompanhamento e resultados diferenciados.

Essa seriedade e inteligência em marketing digital proporciona reconhecimento de muitos dos nossos clientes, para o qual nos transformamos em uma máquina de geração de leads em funcionamento. 

Nossa estratégia de sucesso é feita com base no desenho da jornada de compra da sua persona. Nós reunimos dados e analisamos os nossos clientes de sucesso de diversos segmentos para chegar a uma metodologia que vai fazer aumentar as suas vendas. 

Nossa agência conta com as áreas mais estratégicas do marketing digital para fazer o seu negócio crescer e te ajudar a vender mais!

Somos especialistas em marketing empresarial e vamos te ajudar a construir o seu plano de marketing digital para atingir ótimos resultados.

Fale com a gente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba
novidades

Endereço

Hyde Park
Av. Cassiano Ricardo, 401 – sala 703 | Jardim Aquarius
São José dos Campos - SP

GS2 Marketing Digital +55 (12) 99660-9367

2022- todos os direitos reservados 
menuchevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram