Orçamentos
Agência de marketing digital para escolas: estratégias de sucesso

Agência de marketing digital para escolas: estratégias de sucesso

A maioria dos proprietários das entidades de ensino, como colégios, cursos e faculdades particulares, já perceberam que uma agência de marketing digital para escolas é fundamental nos dias de hoje. Pois é por meio dela, que se tornou possível construir uma marca forte, atraindo mais matrículas e retenção de alunos.

Afinal, com os avanços tecnológicos, não basta apenas investir em um modelo de marketing tradicional educacional, dado que esse método não promove mais os melhores resultados na era digital.  

Aliás, o plano de marketing digital pode e deve estar presente em todos os segmentos. E para isso, nada melhor do que contar com uma agência de marketing digital para escolas. Leia o nosso texto e entenda o assunto! 

Marketing educacional: o que é?

As estratégias de marketing também chegaram até as escolas! 

O marketing educacional são ações com o objetivo de captar e fidelizar clientes (tutores e pais/responsáveis), fortalecer o branding da escola, deixando claro seus valores, além de uma comunicação efetiva com o público - sejam eles pais, alunos ou professores. 

O nicho educacional teve um grande crescimento nos últimos anos, com novas possibilidades e maneiras de aprendizado. Portanto, o marketing para escolas particulares vem sendo muito procurado para auxiliar na busca de um diferencial em meio a tantos concorrentes. 

Ao contrário do que muitos pensam, existe uma relação muito próxima entre instituição de ensino e alunos. 

Por essa razão, o marketing voltado para educação não é usado somente para atrair novas matrículas, mas sim para manter bons relacionamentos com os estudantes já matriculados e família. 

Importância de uma agência de marketing digital para escolas 

Contar com uma agência de marketing digital para escolas é de suma importância, pois ela será a responsável por aumentar o número de matrículas, cultivar a imagem da instituição, e principalmente, por cativar os possíveis novos matriculados. 

Para tal objetivo, é preciso idealizar estratégias específicas e realizar ações com o objetivo de proporcionar a melhor experiência para o público-alvo. 

Marketing escolar: por que investir?

É certo que, com o digital, a maneira de se fazer marketing mudou. Antes, as escolas invesiam em peso no marketing offline - outdoors, televisão, rádio e panfletos eram grandes aliados.

Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios realizada em 2021, cerca de 90% das residências brasileiras possuem acesso à internet. Isso quer dizer que são por volta de 65,6 milhões de domicílios conectados, 5,8 milhões a mais do que em 2019.  

Dito isso, fica claro a necessidade de estar presente onde o cliente está, marcando presença no digital. Confira algumas vantagens que o marketing educacional pode proporcionar:

Marketing educacional: quais são as vantagens?

1- Fortalecimento da marca

O marketing educacional fortalece o branding da escola e ressalta seus diferenciais por meio de conteúdos que vão de encontro às dores das personas, ou seja, país e responsáveis pelos estudantes e os prórpios alunos, que hojem possuem grande força na decisão da escola.

Aliás, você deve deixar sempre claro esses seus diferenciais em postagens e conteúdos voltados para o seu público alvo. Mas esse conteúdo deve ir além de “matrículas abertas” e “nossos diferenciais”, é importante abrir um diálogo com a persona e produzir conteúdos sobre educação e para educação que demonstrem o quanto a sua escola é especialista no assunto.

Em meio a tantos concorrentes no ramo, mostre porque os pais e alunos devem escolher a sua escola e não outra instituição de ensino. 

2- Comunicação efetiva com pais e alunos

A escola é um ambiente de muitas informações e acontecimentos a todo momento, como por exemplo eventos, palestras, semana de provas e até mesmo uma excursão. Por isso, é fundamental ter um canal de comunicação com os pais e/ou responsáveis legais e com os alunos.

Além da comunicação se tornar mais assertiva, isso gera confiança de ambos os lados, gerando um relacionamento mais estreito entre a escola e seu público. A pesquisa “2021 Global Marketing Trends – Find your focus”, realizada pela Deloitte, mostra justamente isso. Ela elencou sete tendências do marketing, sendo que uma delas a confiança.

A marca, no caso o colégio, deve ser conectar com o seu público, entender suas necessidades e mostrar empatia diante do assunto. Por isso, é necessário ser transparente em todas as ações, para que essa confiança não seja “quebrada”. 

Um bom marketing educacional também deve levar em conta a linguagem e o tom usados nessa comunicação, criando uma ponte ainda maior entre pais e escola. 

3- Captação e fidelização de alunos

O marketing educacional também é muito utilizado visando à captação de novos alunos e a fidelização daqueles que já são alunos, no momento conhecido como matrícula e rematrícula. 

No quesito da captação de novos alunos, isso pode ser feito entendendo quem é a sua persona e qual a sua jornada de compra. Para isso, estruture muito bem o seu funil de vendas e invista no marketing de conteúdo.

Aliás, no marketing de conteúdo exemplos são o que não faltam! Além de postagens em suas redes sociais, você pode criar conteúdo otimizado no blog - visando aparecer na primeira página de pesquisas do buscador, webinars, e-books, infográficos, planilhas e muito mais. 

Isso tudo dependerá do estágio que seu cliente se encontra no funil de vendas e quais as suas preferências de consumo. É sempre importante ressaltar que o relacionamento com potenciais clientes deve ser nutrido ao longo de todo o ano, fazendo com que o momento de matrícula seja mais tranquilo, pois o prospect (potencial cliente), já te conhece e por meio do seu conteúdo profundo sabe que você é uma autoridade no assunto.

Já no quesito fidelização de alunos, a personalização no relacionamento é o ponto chave. O marketing educacional possibilita um diálogo constante com os pais e alunos, como já abordamos acima. 

Além disso, você pode investir, dentro das suas estratégias, no marketing de relacionamento, aproximando-se ainda mais daquele cliente. Ofereça uma experiência única e um atendimento excepcional. 

Se você também tiver informações pessoais, como a data de aniversário do seu cliente, você pode investir em estratégias como parabenizá-lo nessa data comemorativa.

4- Vantagem competitiva 

É muito comum encontrar escolas que possuem dificuldades de apresentar seus diferenciais, como sua metodologia de ensino, infraestrutura e vantagens por meio da comunicação online. 

Possivelmente, isso acontece porque elas não investem corretamente em um fluxo de nutrição eficaz. Visto que, é por meio dele, que é viável desenvolver um bom relacionamento entre instituição e estudante, assim solucionando suas dúvidas de forma mais pessoal e objetiva.

5 - Análise de resultados 

Outra vantagem de contar com uma agência de marketing digital para escolas, é ter a possibilidade de rastrear e mensurar, em tempo real, as métricas de suas campanhas no digital, como o Retorno Sobre o Investimento (ROI) e o Custo de Aquisição de Clientes (CAC). 

Dessa forma, medir a efetividade das estratégias feitas por sua agência se torna cada vez mais factível. Sendo ainda possível monitorar de perto todo o desempenho e consertar possíveis falhas. 

6- Benchmarking Educacional  

Por fim e não menos importante, a última vantagem é a oportunidade de realizar o Benchmarking Educacional.

Essa estratégia busca novas formas de otimizar a atuação das instituições, bem como melhorar o desenvolvimento dos processos de captação e permanência de estudantes. Também possibilita que a escola se adapte para um cenário mais prático e moderno usado por sua concorrência. 

Estratégias de marketing educacional: descubra quais são!

Se você quer saber como captar alunos para sua escola, fortalecer a marca ou melhorar a comunicação com pais e alunos, confira algumas estratégias que podem ser utilizadas:

Estude seu nicho de mercado e seus concorrentes

O que os concorrentes do setor educacional estão fazendo? De que maneira eles se posicionam? Observe o que vem dando certo e o que não repetir.

Defina sua persona

5 dicas infalíveis para criar a sua persona A personificação do seu cliente ideal. Essa é a melhor definição de persona. É nela que você deve pensar antes de planejar as suas estratégias de vendas e até mesmo o tipo de produto ou serviço que vai vender. Quer saber mais sobre esse conceito? Acompanhe o nosso artigo e descubra 5 dicas infalíveis para criar a sua persona e não errar na abordagem. Você vai ler sobre: O que é persona? Diferença entre persona e público-alvo Como criar a persona? O que é persona? A persona é a personificação do seu cliente ideal e ela é construída utilizando dados reais sobre o comportamento e características demográficas de seus clientes. Para criar a sua persona é preciso conhecer as suas histórias, motivações, desafios, objetivos e preocupações. Por isso, para que você consiga definir a sua persona corretamente, é necessário ter contato com seu público-alvo. Assim, é possível identificar características, hábitos de consumo, dores e desejos em comum entre os potenciais compradores de seu produto ou serviço. Diferença entre persona e público-alvo Essa é uma das dúvidas mais comuns de quem está começando a entender esses conceitos, então vamos deixar claro: persona e público-alvo não são sinônimos. De certa maneira, público-alvo é uma parcela abrangente da sociedade para quem você vende seu produto ou serviço. Enquanto a persona é a representação do seu cliente ideal, de forma humanizada e personalizada. Veja um exemplo: Imagine que você possui uma empresa de móveis e deseja concentrar as suas vendas em pessoas que estão comprando a sua primeira casa. Seu público-alvo seria: Homens e mulheres acima dos 25 anos, já graduados na faculdade, com renda mensal média de R$ 3.000 mil. Já a sua persona ficaria assim: José Luís, 26 anos, engenheiro recém-formado com emprego fixo. Ao terminar a faculdade, decidiu que era hora de mudar da casa dos seus pais. Então, alugou um apartamento próximo ao seu trabalho. Agora, está à procura de móveis baratos, porque quer poupar o seu dinheiro para começar o seu mestrado. No entanto, devido ao seu trabalho, tem pouco tempo para pesquisar sobre móveis e por isso mesmo, utiliza a internet para encontrar produtos e serviços. Percebeu a diferença? Em um primeiro momento, você pode ter a impressão de que a definição é a mesma. Porém, faz muita diferença pensar em uma estratégia de marketing direcionada ao José Luís, que tem dificuldades e desejos, e não a um extenso público-alvo. “Mas eu tenho vários tipos de clientes” Tudo bem, você não precisa limitar a sua estratégia a uma única persona. É comum que alguns negócios tenham mais de uma persona definida. No entanto, tome cuidado para não perder o foco. Ao escolher várias personas, você pode acabar não falando com nenhuma delas e sua estratégia terá ido por água abaixo. Leia mais sobre: Planejamento de marketing digital Marketing de relacionamento Como criar a persona? Para criar as personas certas para o seu negócio, é necessário responder a algumas perguntas sobre o cliente potencial. Por isso, é preciso conhecer o seu público. Veja agora 5 dicas infalíveis para criar a sua persona: Faça um benchmarking nos seus concorrentes Se você está começando e ainda não tem cliente, pode fazer um benchmarking nas redes sociais dos seus concorrentes. Qual o tipo de público presente por lá? A maioria é homem? São mais jovens? Qual tipo de conteúdo gera mais engajamento na audiência? Isso ajuda a identificar qual o perfil das pessoas que consomem este tipo de produto ou serviço. Avalie a sua audiência Ainda não vende, mas já possui um perfil nas redes sociais? Então, você pode avaliar quem é a sua audiência. Que tipo de pessoa segue a sua página? Quais conteúdos agradam mais? A ideia aqui é tentar identificar um padrão de comportamento comum que possa nortear a criação da sua persona. Ouça seus clientes Se o seu negócio for mais maduro, você pode utilizar os próprios clientes para chegar ao seu cliente ideal. Para isso, converse com alguns deles e conheça as suas principais necessidades. Você pode fazer isso pelo telefone ou enviando uma pesquisa simples no Google Forms. E principalmente, entenda como o seu produto ou serviço soluciona um problema real dos seus clientes. Você também pode usar estes formulários de pesquisa em sua página ou site. Ofereça algo de valor para a sua audiência Para que a sua audiência sinta-se incentivada a responder o seu formulário, ofereça algo de valor para a sua persona! Que tal um e-book sobre um assunto de interesse da persona? Pode ser bem atrativo e desperta o gatilho da reciprocidade. Perguntas que não podem faltar nos seus formulários Quais são as suas dores? Quais são os seus desejos? Quais marcas costuma usar? Como é o seu dia a dia? Quais são as suas metas? A partir disso, você terá uma noção do que a sua persona quer e precisa, e assim, pode oferecer uma solução que atenda às suas necessidades. Além disso, você vai descobrir que tipo de conteúdo a sua persona se interessa, e com isso, pode pensar em conteúdos que falem dos problemas e desejos dela. Assim, você gera conexão com a sua audiência, pois demonstra que sabe o que ela passa no dia a dia. E mais, mostra que a solução para aquele problema está mais perto do que ela imagina. Você vai gostar de ler sobre: Estratégias de marketing Use o mapa da empatia Quando se trata da definição de seu público-alvo, o mapa da empatia é uma das ferramentas mais utilizadas pelo Marketing Digital. Essa ferramenta permite compreender cada segmento de clientes de uma forma bem visual. Com isso, você pode estabelecer hipóteses claras a respeito das principais necessidades, comportamentos e atributos pessoais do seu cliente ideal. Preencha o formulário abaixo e baixe gratuitamente o seu mapa da empatia: Bom, o mapa da empatia é composto por seis perguntas relacionadas ao cliente: O que pensa e sente? Nesse quadrante, você deve colocar o que seu produto ou serviço desperta na mente dos consumidores: Como a persona se sente em relação ao mundo? Quais as suas preocupações? Quais são os seus sonhos? Quais seus planos a curto prazo? Dificuldades que passa no dia a dia Como é um dia típico da persona? O que escuta? Aqui, você pode perguntar sobre os ídolos e outras influências que a persona recebe de meios diversos, como os de comunicação: Ela é influenciada por quais pessoas e ideias? Quem são seus ídolos? Quais suas marcas favoritas? Quais produtos de comunicação consomem? Leia mais sobre: Como funciona o inbound marketing Como atrair clientes 3) O que fala e faz? Esse quadrante se refere ao consumo do produto ou serviço a partir do momento que a persona decide comprá-lo. Por isso, é necessário entender o seu comportamento: Sobre o que a persona fala? Quais são os assuntos do seu interesse? Quais são os seus hobbies? O que faz no tempo livre? 4) O que vê? Esse quadrante deve falar sobre os estímulos visuais que a sua persona recebe. Você pode perguntar: Como são seus amigos? O que faz no dia-a-dia? Como é o mundo em que a pessoa vive? 5) Quais são suas dores? Corresponde às dificuldades que o seu público vivencia diariamente: Do que tem medo? Quais suas frustrações? O que o impede de fazer algo que deseja? 6) Quais são seus desejos? É aquilo que você vai oferecer para a sua persona: O que é sucesso para a persona? Onde ela quer chegar? O que acabaria com seus problemas? Com todos esses dados dispostos de maneira visível, você pode desenhar o perfil da sua persona. Para enriquecer a construção da sua persona, faça um brainstorming com a sua equipe para coletar ideias e sugestões que possam caracterizar a sua persona adequadamente. Não esqueça de definir o nome, o gênero e a idade da sua persona. Agora que você já sabe como criar uma persona, e com isso, melhorar a sua experiência de compra, saiba que há outras estratégias no marketing digital que vão potencializar as suas vendas! Conheça a GS2 Marketing Somos especialistas em mapear o seu cliente ideal, atrair visitantes e gerar leads para nossos clientes. Nossa estratégia de sucesso é feita com base no desenho da jornada de compra da sua persona. Nós reunimos dados e analisamos os nossos clientes de sucesso de diversos segmentos para chegar a uma metodologia que vai fazer aumentar as suas vendas. Contamos com as áreas mais estratégicas do marketing digital para fazer o seu negócio crescer! Quer saber mais como a GS2 Marketing pode te ajudar a mapear o seu cliente ideal e vender mais? Fale com a gente!

Se você não sabe o que é persona, ela nada mais é do que o seu cliente ideal. Neste caso, a imagem do seu aluno típico mais detalhada, o histórico dos estudantes ou o desenho desse aluno ideal transformado em um personagem para quem será direcionada às suas estratégias de marketing digital. 

No segmento da educação é provável que existam mais de um tipo de personas, essa definição é feita por meio da possibilidade ou necessidade de conseguir focar e estruturar um funil de vendas voltadas para elas. 

Portanto, definir isso torna muito mais fácil e assertiva a produção de conteúdo e a estruturação de um funil de vendas.

Saiba seu diferencial e defina seus objetivos a curto e longo prazo

Qual o seu diferencial e de que maneira você pode usá-lo para atribuir valor ao colégio?

Além disso, quais são os seus objetivos com o marketing educacional? Não é possível abraçar o mundo de uma só vez, portanto é importante saber aonde você quer chegar, em um período definido de tempo. 

Invista no marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é fundamental para fortalecer a autoridade da sua marca e sanar as “dores” da sua persona.

Oferecer conteúdo de qualidade, no momento que o seu cliente precisa, faz com que uma lembrança da marca seja criada na mente dele a cada ponto de contato. No momento de uma decisão de compra futura, torna-se muito mais provável que ele opte por consumir daquela marca que sempre esteve presente e o ajudou.

Para isso, defina um planejamento estratégico e coloque-o em prática. Entenda em quais canais a sua persona está e que tipo de conteúdo ela gosta de consumir. Aliás, esse conteúdo deve respeitar a etapa do funil que a persona se encontra. Trouxemos alguns exemplos para te ajudar:

Topo de funil: aposte em conteúdos que revelam que existe uma dor para a persona como, por exemplo, materiais sobre a educação de forma geral. Isso porque, normalmente, pais/responsáveis querem ter certeza que a escola tem bons projetos pedagógicos e entende de educação, sendo que você deve transparecer isso;

Topo do funil

Meio de funil: no meio de funil, mostre os seus diferenciais perante aos concorrentes, além de como os seus projetos tem embasamento. Porém, ainda não é hora de tentar vender, e sim mostrar fundamento!

Fundo de funil:  chegou a hora de ter um CTA (call to action) para contato de forma fácil e visível em seus conteúdos! Um ponto importante a se ressaltar é que a resposta do time de vendas deve ser rápida, pois o cliente já espera um retorno! Aliás, ter um bom time de vendas é um grande diferencial entre as instituições que estão tendo sucesso na conversão de contatos para matrícula e as que não estão.

  • Pós-venda: o conteúdo pós-venda faz parte do que chamamos de funil de vendas no formato ampulheta. Ele abrange a parte da comunicação efetiva com os pais/tutores diante de projetos desenvolvidos pela escola. Com essa etapa feita de maneira efetiva, eles acabam virando fãs da empresa e podem indicar a escola para amigos.

Leia também: como escolher uma agência de marketing digital 

GS2 Marketing Digital 

Está em busca de uma agência de marketing digital para escolas?

Conte com a ajuda da GS2 Marketing Digital!

Entendemos que os processos são muitos e, a princípio, podem ser um pouco difíceis de serem aplicados. Por isso, nada melhor do que contar com uma ajuda especializada no assunto, para que as estratégias corretas sejam utilizadas.

Somos especialistas em atrair visitantes, gerar leads e nutrir um bom relacionamento com o cliente até o momento do fechamento do negócio.

Nossa estratégia de sucesso é feita com base no desenho da jornada de compra da sua persona. Contamos com as áreas mais estratégicas do marketing digital para fazer a sua escola crescer. 

Quer saber mais como podemos te ajudar a montar suas estratégias de marketing digital? 

Entre em contato conosco e conheça nossos cases do segmento de educação! Estamos prontos para te ajudar!

Também fique por dentro sobre automação de marketing, clicando em nosso e-book logo abaixo.

ebook tudo sobre automação de marketing

2 comments on “Agência de marketing digital para escolas: estratégias de sucesso”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba
novidades

Endereço

Hyde Park
Av. Cassiano Ricardo, 401 – sala 703 | Jardim Aquarius
São José dos Campos - SP

GS2 Marketing Digital +55 (12) 99660-9367

2022- todos os direitos reservados 
menuchevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram